terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Sleepy






Olá amores! Como estão as coisas com vocês?

Por aqui, está tudo bem,já estou na última semaninha de aulas do semestre. Logo a seguir às festas começam as entregas de trabalhos (tudo em dias seguidinhos... até dói).
Cá em casa já cheira finalmente a natal =) Fiz ontem à noite a árvore (sim, só ontem porque os fins de semestre são uma roda viva...), e fui ontem também comprar os presentes. A minha mãe faz anos amanhã, e como tinha de comprar a prenda de anos, aproveitei e fui mais o mano comprar as prendas. Vá lá que a tarde de compras rendeu e já comprámos a prenda para todos, até para a Lia (hihi, um ursinho super querido que cheira-me que vai ser decapitado ainda na noite de natal =p).


Não posso também deixar de assinalar aqui neste cantinho a data de hoje... não é uma data feliz, mas é uma data que nos marcou a todos cá em casa... Faz hoje quatro anos que perdemos o nosso Sleepy (na foto), depois de muito tempo a sofrer com um tumor (ele por a saúde estar debilitada e nós por o vermos a sofrer). Foi o meu primeiro cãozinho... cresceu comigo, e eu com ele...
Sei que há quem não compreenda o amor pelos animais... mas também sei que quem realmente gosta deles percebe que dói muito perdê-los...
Estivemos dois anos sem mais animais. Não queríamos passar pelo mesmo de novo. Hoje, apesar de termos a Lia, não nos esquecemos de ti Pipinho!
Um beijo grande grande para vocês***



P.S.: O Blogger deve estar com a telha, e não me deixou postar fotos... quando conseguir posto.

8 comentários:

bono_poetry disse...

existem caminhos que todos percorremos em sintonia com a existencia da vida... um dos caminhos nao tem regresso...so memorias...e essas perduram
no infinito da nossa alma...um feliz natal em muita harmonia...um beijo

pensamentos_vagabundos disse...

um beijo vagabundo...

Klaudia disse...

Sei perfeitamente da dor que falas. Agora não consigo imaginar a minha vida sem os meus cães. E perdê-los é como perder um pedaço de nós, um ente querido.
Beijo enorme pa ti

Gioconda a não se conseguir logar.... disse...

Eu consigo compreender-te sim, todos os anos no dia em que morreu a nossa Manon nós nos lembramos e falamos dela, foram 12 anos de total dedicação, lembro-me que no dia nem eu nem os meus pais conseguimos almoçar e fartamo-nos de chorar... quem não compreender... TEMOS PENA....

Meu mais que tudo disse...

Compreendo perfeitamente tambem nao esqueço a data em que perdi os meus cãezinhos...pois já tive alguns..

Beijos linda

andreia disse...

ola :)
eu sei bem o que é isso... perder um animal que se gosta e ainda por cima com um tumor... eu tive uma gata durante 10 anos e ela morreu com cancro! chorei tanto tanto... gastamos bastanto dinheiro, a unica coisa que keria era que ela nao sofresse... qd ela morreu tb jurei nao ter mais nenhum, mas... passado um ano e tal nao resisti a uma gata preta que me pediu pra vir pra minha casa... :P
eu adoro amo animais!
beijinhos pra ti por tb gostares de animais!

viviana disse...

eu sei bem o que é isso amiga! oh se sei!
jokas fofas

nosso cantinho disse...

Olá bom dia, hj é akele dia em k estás super ocupada mas mesmo assim vim deixar o meui beijinho k já me habituei, sei bem do k falas em relaçao aos animais como já te disse desde k nasci k vivia rodeada deles, o meu pai treiñava cães, dai a casa estar sempre cheia, mas kuando se dava uma perda erra horrivel, pensavamos sempre em nao ter mais nenhum, por isso sei bem o k sentes, os animais nao nos magoam como muita gente, sao nos fiéis, amiga desejo um feliz aniversário para a tua mamã, e um bom dia para ti, beijinhos